29 março 2021

Ernesto Araújo envia carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro, governo ainda não confirmou saída do ministro das Relações Exteriores

Ernesto Araújo foi anunciado como ministro das Relações Exteriores pelo presidente Jair Bolsonaro, ainda durante a transição de governo após as eleições de 2018 e assumiu o posto no primeiro dia de 2019. (Foto: Divulgação/Ministério das Relações Exteriores)

Ernesto Araújo, pediu demissão do cargo de ministro de Relações Exteriores. O pedido veio nesta segunda-feira (29) após um final de semana em que o chanceler brasileiro fez ataques à senadora Kátia Abreu (PP-TO), que responde como presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, o que provocou uma série de críticas por todos os senadores que cobraram uma demissão do ministro que destroçou a diplomacia brasileira e tornou o país motivo de chacotas em todo o mundo.

Segundo a imprensa que cobre o Governo Federal, Ernesto Araújo reuniu sua equipe e comunicou o pedido de demissão, que ainda não foi confirmado pelo Palácio do Planalto, que deverá se pronunciar até o final do dia.

O pedido de demissão, já teria sido entregue por Araújo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que já vinha sofrendo pressão por parte dos partidos do Centrão, que exigem a demissão do ministro que integra a parte ideológica do governo.

Araújo destruiu a imagem da diplomacia brasileira com vários ataques à parceiros comerciais do Brasil, como a China, o que causou impactos na aquisição de insumos para a fabricação de vacinas contra a COVID-19 e mais recentemente na questão do 5G, internet móvel de altíssima velocidade e que provocou a discussão com a senadora Kátia Abreu neste final de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br