Documentos judiciais mostram intenção de primeiro-ministro britânico em adiar Brexit se não houver acordo até dia 19



De acordo com a rede de televisão BBC, documentos do governo britânico enviados a um tribunal escocês, revelam a intenção do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, de pedir o adiamento do Brexit, caso nenhum acordo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia não aconteça até o próximo dia 19 de outubro. 

O pedido de adiamento deve acontecer por meio de uma carta, que será enviado pelo primeiro-ministro à União Europeia. Esse pedido de adiamento seria um recuo do premiê, que no mês passado chegou a afirmar que o Reino Unido sairia de qualquer forma da União Europeia no próximo dia 31 de outubro, apesar dos pedidos de parlamentares da oposição e parlamentares tidos como rebeldes do Partido Conservador, o mesmo de Boris Johnson. terem aprovado uma lei em que exigiam ao premiê que solicitasse uma extensão do Brexit. 

Nos documentos enviados a um tribunal escocês, o governo disse que Boris Johnson aceita, mesmo que obrigado, a enviar uma carta à UE pedindo um adiamento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial