18 janeiro 2021

STF acorda e esclarece fala mentirosa de Bolsonaro de que a Suprema Corte teria proibido governo federal de atuar no combate ao coronavírus

Bolsonaro joga culpa no STF para tirar foco de sua incompetência durante pandemia do coronavírus. (Foto: Dorivan Marinho/SCO/STF)

Após sofrer nova onda de ataques com fake news, o Supremo Tribunal Federal (STF) quebrou o silêncio e esclareceu fala mentirosa do presidente Jair Bolsonaro, de que a Suprema Corte teria proibido o governo federal de atuar no enfrentamento do coronavírus.

"A Secretaria de Comunicação Social do Supremo Tribunal Federal (STF) esclarece que não é verdadeira a afirmação que circula em redes sociais de que a Corte proibiu o governo federal de agir no enfrentamento da pandemia da Covid-19", começa a nota emitida no site da Suprema Corte.

A nota esclarece, que o Plenário do Supremo, decidiu "que União, estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavírus", a decisão foi tomada logo no início da pandemia em 2020. "Esse entendimento foi reafirmado pelos ministros do STF em diversas ocasiões", frisou a nota.

A Secretaria de Comunicação do STF encerra a nota, afirmando que "é responsabilidade de todos os entes da federação adotarem medidas em benefício da população brasileira no que se refere à pandemia". No perfil oficial da Suprema Corte no Twitter, uma publicação informa o que é verdade e o que é mentira, sobre o tema levantado por Bolsonaro à apoiadores, para tentar justificar o seu total fracasso e descaso durante a pandemia.

Veja abaixo:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br