22 de jan. de 2021

Dois milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca devem chegar no final de hoje (22) ao Brasil

Fiocruz deve pedir nos próximos dias o registro definitivo da Covishield à Anvisa. (Foto: REUTERS)

A novela acabou. A Índia enviou ao Brasil, os dois milhões de doses da Covishield, imunizante contra a COVID-19 desenvolvido pela Oxford/AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Segundo informações divulgadas, a expectativa é de que as doses desembarquem primeiramente em São Paulo e em seguida sejam encaminhadas para o Rio de Janeiro no final da tarde de hoje (22).

Antes da entrega do imunizante ao Ministério da Saúde, a Fiocruz fará uma checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem e etiquetagem. O uso emergencial da Covishield já foi liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e um pedido para uso definitivo deve ser feito pela Fiocruz nos próximos dias.

Com o pedido definitivo da Covishield, a Fiocruz passará a produzir e envasar as doses do imunizante em BioManguinhos, sede da Fundação Oswaldo Cruz no Rio de Janeiro. Além dessas doses iniciais, a Fiocruz espera a liberação dos insumos para a produção do imunizante, que dependem de uma articulação diplomática entre o governo brasileiro e o chinês, uma vez que esses insumos são importados da China, e por uma postura anti-diplomática com ataques do ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo e do deputado federal e filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro ao governo chinês, o que tem travado a liberação de insumos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br