30 novembro 2020

Nos EUA, Moderna pede autorização para uso emergencial da vacina contra Covid-19

Caso tenha pedido emergencial aprovado pela FDA, vacinação nos EUA deve começar em 21 de dezembro. (Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration/File Photo)


A farmacêutica norte-americana Moderna, anunciou nesta segunda-feira (30) que solicitou a autorização para uso emergencial da sua vacina contra a Covid-19 à FDA, a agência reguladora dos EUA equivalente à Anvisa brasileira. Caso o pedido emergencial seja aprovado pela FDA, os primeiros americanos podem a primeira dose da vacina em 21 de dezembro.

A FDA agendou reunião com seu comitê de vacinas para discutir o pedido da Moderna para 17 de dezembro. Novos estudos com 196 participantes, mostram que a vacina da Moderna foi 94,1% eficaz, sem preocupações sérias de segurança. No primeiro estudo, divulgado em 16 de novembro, a eficácia anunciada havia sido de 94,5%, mas a diferença não é estatisticamente significativa, segundo diretor da farmacêutica.

Um pedido emergencial da Moderna também será feito à autoridades da Europa. A fase 3 de testes da vacina foi realizada em 30 mil voluntários. A Moderna informou, que pode produzir até 20 milhões de doses até o final de 2020 e outras 500 milhões até o final de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br