Fofoca é uma praga pior que o coronavírus, afirma o Papa Francisco

Em seu discurso semanal na Praça São Pedro, no Vaticano, o Papa Francisco pediu aos fiéis que evitem fofocar, ato esse classificado como pior que o coronavírus. (Foto: Vincenzo Pinto/AFP)

O Papa Francisco pediu aos seus fiéis que evitem fofocar, um ato que ele disse ser pior que o coronavírus e que pode ser usado para dividir a Igreja Católica Romana. Os comentários foram feitos neste domingo (6).

"Por favor, irmãos e irmãs, vamos fazer um esforço para não fofocar. Fofocar é uma praga pior que a Covid-19", disse o papa em seu discurso semanal, que ele faz de uma janela na Praça de São Pedro.

"O diabo é a grande fofoca. Ele sempre está dizendo coisas ruins dos outros porque ele é o mentiroso que quer dividir a Igreja", adicionou.

O papa, com frequência, avisa dos riscos da fofoca. Ele também já fez protestos contra "trolls" da internet (provocadores de redes sociais).

"Se algo dá errado, ofereça seu silêncio e suas orações ao irmão ou à irmã que cometeu um erro, mas nunca fofoque", ele disse no domingo.

Primeira viagem em meses

No sábado foi anunciado que o Papa Francisco vai sair do Vaticano pela primeira vez desde fevereiro, quando começou a pandemia de Covid-19. No mês que vem, ele vai à Assis, na Itália, onde assinará uma encíclica, de acordo com um porta-voz da basílica da cidade, o padre Enzo Fortunato.

Nesta semana, o Papa Francisco fez uma audiência para o público pela primeira vez em seis meses. Lentamente, o Vaticano busca voltar ao normal.


*Por: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial