2 de ago. de 2018

Brasil já tem mais de mil casos de sarampo em 2018, segundo Ministério da Saúde

Campanha nacional de vacinação contra Sarampo e Poliomielite começa no próximo dia 6. (Foto: Reprodução/TV Globo)
O Brasil já tem mais de mil de casos confirmados de sarampo em 2018. O número foi atualizado pelo Ministério da Saúde na quarta-feira (1º). Segundo o boletim, o país enfrenta dois surtos de sarampos no Amazonas e em Roraima e em ambos os casos os surtos estão relacionados à importação do vírus. São 1054 casos confirmados até o dia 1º de agosto.

"Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela", diz o Ministério. O número de casos que estão investigados no Amazonas chama atenção: 4.470. Enquanto em Roraima, 106 casos são analisados.

Outros 5 estados brasileiros também registraram casos da doença. Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul tiveram 14 casos confirmados. Segundo o Ministério, estes casos também estão relacionados à importação do vírus.

Em 2016, o país ganhou certificado de eliminação do sarampo pela Organização Pan-Americana de Saúde.

Casos de sarampo no Brasil em 2018

EstadoNº de casos
Amazonas742
Roraima280
Rio de Janeiro14
Rio Grande do Sul14
Pará2
São Paulo1
Rondônia1


Campanha de vacinação

O Ministério lançou a campanha de vacinação de 2018 e tem o objetivo de imunizar mais de 11 milhões de crianças contra o sarampo e a poliomelite. A meta é chegar a pelo menos 95% delas.

A partir do dia 6 de agosto, crianças entre 1 e 5 anos podem ir ao posto de saúde receber vacina contra a poliomielite e o sarampo mesmo se já tomaram o imunizante anteriormente (desde que não nos últimos 30 dias).

Esse tipo de campanha de reforço, informa o Ministério da Saúde, acontece de quatro em quatro anos e já estava prevista no orçamento da pasta. Esse ano, no entanto, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da poliomielite.

Sarampo no mundo

A Organização Mundial da Saúde divulgou uma alta no número de casos da doença em todo o mundo. A baixa cobertura vacinal em alguns países, como o Brasil, contribuiu para volta da doença - foram 173.330 casos no planeta em 2017, um aumento de 41 mil casos em apenas um ano.

Globalmente, 85% das crianças foram vacinadas com a primeira dose da vacina contra o sarampo no primeiro ano de vida, através dos serviços de saúde de rotina e 67% com uma segunda dose.

Apesar disso, segundo o relatório da OMS, os níveis de cobertura permanecem bem aquém da cobertura de imunização contra o sarampo recomendada pela organização, que é de pelo menos 95% para evitar surtos, evitar mortes evitáveis ​​e alcançar metas de eliminação regional.




*Por: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br