Lula deixa a prisão e fala em "muita vontade de voltar a lutar"

Lula na porta da sede da PF em Curitiba, onde ficou preso por 580 dias. (Foto: Ricardo Stuckert)
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde cumpria pena de 8 anos e 1 mês em condenação no caso do triplex do Guarujá, um dia depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) mudou o entendimento sobre a prisão após condenação em segunda instância.

Ao deixar a prisão, Lula discursou para uma multidão que realizava a vigília do #LulaLivre e atacou os procuradores da Lava Jato, o ex-juiz e atual ministro da Justiça de Bolsonaro, Sergio Moro, além da Rede Globo.

Em vídeo divulgado em suas redes sociais, Lula aparece ao lado de sua namorada, e em tom mais sereno, o ex-presidente falou que não guarda ódio e que "saio (da prisão) com muita vontade de voltar a lutar".

Assista ao vídeo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial