05 junho 2021

Brasil vence o Equador por 2 a 0 e segue líder nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

A comemoração do segundo gol, feito em repetição de cobrança de pênalti por Neymar. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Em jogo que mostrou uma Seleção Brasileira (jogadores, técnico e comissão técnica) unida contra a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), contra a realização da irrelevante 'Copa América' no Brasil, em meio a pandemia e com quase 500 mil mortos, o Brasil derrotou o Equador por 2 a 0 na noite desta sexta-feira (4) no Beira-Rio, em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da FIFA, que será realizada em 2022 no Qatar.

Com 100% de aproveitamento na competição e liderando a disputa, Richarlison e Neymar (de pênalti) foram os autores dos gols. A Seleção Brasileira fez um primeiro tempo muito abaixo, incluindo um gol de Gabigol anulado pelo VAR, que viu impedimento.

Na volta para a etapa final, o técnico Tite trocou Fred por Gabriel Jesus, a substituição fez a Seleção tomar um ritmo melhor, principalmente com Paquetá, que apareceu no jogo. Foi de uma roubada de bola do meia do Lyon, que Richarlison abriu o placar. O segundo gol veio após uma longa analise do juiz de campo com VAR alertar Alexis Herrera do pênalti sofrido por Gabriel Jesus. Na cobrança, Neymar pegou mal na bola e o goleiro Domínguez acabou defendendo, mas o VAR novamente alertou o juiz que o goleiro equatoriano havia adiantado, o que obrigou a repetição da penalidade, desse vez convertida pelo camisa 10.

Após o apito final, o capitão Casemiro concedeu entrevista ao repórter Érick Faria (TV Globo), e ao ser questionado sobre a 'Copa América', Casemiro deixou claro o descontentamento de todos sobre o tema, mas que apesar de "todos já saberem a posição dos jogadores", a decisão só será divulgada publicamente após a partida da terça-feira (8) contra o Paraguai, também pelas Eliminatórias.


Nos bastidores, além da insatisfação dos jogadores e do próprio Tite, a demissão do técnico é dada como certa, e a participação dos jogadores, tanto os que atuam na Europa como os demais, também é uma realidade pelo que Casemiro deixou transparecer na entrevista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br