23 abril 2021

Vídeos de Bolsonaro com mentiras e desinformação sobre a COVID-19 são retirados do ar pelo YouTube



O YouTube, plataforma de compartilhamento de vídeos do Google, derrubou nesta sexta-feira (23) mais quatro vídeos compartilhados no canal oficial do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os vídeos tinham informações mentirosas sobre a pandemia de COVID-19 e violavam a política da plataforma sobre a doença.

Os vídeos são de 9 de julho de 2020, 26 de novembro de 2020, 10 de dezembro e 11 de fevereiro de 2021, e fazem parte das lives (transmissões ao vivo) realizadas pelo presidente todas às quintas-feiras. O YouTube já havia retirado do ar um vídeo de Bolsonaro na última segunda-feira (19) pelo mesmo motivo.

A retirada de vídeos da plataforma com desinformação e afirmações mentirosas sobre a pandemia do coronavírus, passou a ser mais frequente após o YouTube atualizar sua política de uso. Segundo as novas políticas de uso, vídeo que associem o uso de medicamentos sem eficácia como hidroxicloroquina, cloroquina e Ivermectina, amplamente defendidos por Bolsonaro e seus seguidores políticos, como o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), serão retirados do ar, por incentivar o uso desses medicamentos como tratamento precoce à doença, o que já foi descartado em todo o mundo pelas agências sanitárias, inclusive a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que já reprovou o uso desses medicamentos para a COVID-19.

A Presidência da República e nem o presidente Jair Bolsonaro, comentaram sobre a derrubada dos vídeos pelo YouTube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br