28 fevereiro 2021

"Usei uma técnica ilegal pra aprender, por ser BURRO", afirma Felipe Neto após banimento de plataforma de xadrez

Felipe Neto se transformou no alvo preferido dos haters, principalmente por seus posicionamentos contra Bolsonaro. (Foto: Reprodução/Instagram/@felipeneto)

O youtuber e empresário, Felipe Neto, usou sua conta no Twitter para explicar seu banimento de uma plataforma de jogos de xadrez, ocorrido neste sábado (27) e que se transformou num dos assuntos mais comentados por seus desafetos e haters.

Felipe, esclareceu tudo e assumiu o erro, coisa rara nos tempos em que todos "passam pano" em tudo. "Bom, decidi explicar essa treta estúpida do xadrez. Conversei bastante por telefone com o Grande Mestre brasileiro Krikor Mekhitarian. Ele me mostrou q o melhor seria de fato contar o q aconteceu, msm q eu magoe algumas pessoas queridas", começou a sua thread (sequência de postagens no Twitter, conhecido popularmente como fio).

Na sequência, Felipe negou o uso de robôs e que o xadrez é um hobby em sua vida, e que ganhar ou perder uma partida não trará nada para ele. "Eu nunca usei essa tal engine. Eu não sei instalar coisas do tipo. Nunca usei robô, bot, seja o que for. O xadrez pra mim é um hobby, algo q eu amo fazer, mas não tenho absolutamente nada a ganhar com ele. Vencer ou perder partidas não me traz nada. Absolutamente nada", enfatizou.

"Contudo, eu cometi um erro, muito mais por ingenuidade do que por má intenção", afirmou o youtuber, que seguiu. "Um cara me convenceu que a melhor forma de aprender era jogar partidas compartilhando minha tela com ele. Ele, então, me orientava a cada jogada para ver qual seria o melhor movimento", explicou.

Felipe continuou sua explicação de utilizar a ajuda de uma outra pessoa para aprender o uso da plataforma e negou que o tenha utilizado com o intuito de roubar. "Ele não me dava o melhor movimento, mas me fazia chegar nele, refletindo, pensando junto, etc. Eu, sincera e honestamente do fundo do coração, achei q não era nada demais. Eu tava ali tentando aprender, não pra “roubar”. E isso aconteceu pouquíssimas vezes", disse.

Na sua longa thread (confira todo o fio no final desta matéria), Felipe deixou claro que a internet vive do cancelamento, de ter sentido vergonha, de se sentir um burro por utilizar uma técnica ilegal para aprender a jogar melhor e que seu amor pelo esporte o faz querer ajudar no crescimento do mesmo no Brasil. "Posso levar muitos muitos muitos jovens a se interessarem", afirma Felipe.

"Quero pedir perdão a todos, mas deixar claro que nunca quis “roubar”. Usei uma técnica imbecil de aula e não percebi o tamanho do erro", justificou.

Felipe direcionou um dos "fios", aos praticantes do xadrez, o youtuber garantiu que jamais utilizou a técnica ilegal para vencer de forma proposital. "A todos do xadrez: vocês têm minha garantia de que nunca usei propositadamente isso “para vencer”, apenas para aprender. E fui ingênuo por pura burrice. Errei e peço perdão, nunca mais vai acontecer", destacou.

Ao encerrar, Felipe Neto deixou claro que não voltaria mais a falar no assunto e que a versão original dos fatos estava exposta por ele, que confirmou já estar cadastrado novamente na plataforma.

Veja abaixo toda a thread de Felipe Neto sobre o banimento de plataforma de jogo de xadrez:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br