20 janeiro 2021

Joe Biden toma posse com 46º presidente dos EUA

Joe Biden ao fazer o juramento de posse, ele utilizou a Bíblia usada por seu filho morto em 2015, Beau Biden, quando ele tomou posse como procurador-geral do estado de Delaware. O exemplar está na família Biden desde 1893. (Foto: Reprodução/ Twitter @EleicoesEUA)

Joe Biden tomou posse nesta quarta-feira (20) como o 46º presidente dos Estados Unidos da América. A cerimônia foi marcada por um forte esquema de segurança, além de protocolo exemplar para evitar ainda mais a disseminação do coronavírus, com poucos convidados e todos respeitando o distanciamento social e usando máscaras.

Biden e a sua vice-presidente, Kamala Harris, cumpriram extenso ritual protocolar, até serem empossados de fato nos cargos que vão exercer pelos próximos quatro anos. No momento do juramento, Biden o fez sobre uma Bíblia que pertence à sua família desde 1893. O exemplar é o mesmo usado por Beau Biden, filho do presidente morto em 2015 devido à um câncer no cérebro, quando tomou posse em 2006 como procurador-geral no estado de Delaware.

A posse de Biden e Kamala, contou ainda com a falta de público, que ficaram em suas casas e acompanharam tudo pelas emissoras de televisão e redes sociais, tudo em respeito ao momento de pandemia em que todo o mundo passa desde o fim de 2019, quando os primeiros casos da COVID-19 começaram a aparecer na China. O cerimonial colocou cerca de 200 mil bandeiras dos EUA, que cobriram o Passeio Nacional em frente ao Capitólio, representando o público e em algumas, os estados e territórios norte-americanos. Além disso, 56 pilares de luz, foram instalados entre o National Mall até a 13th Street.

O hino nacional dos EUA foi entoado pela cantora Lady Gaga, que é amiga e grande incentivadora de Biden e Kamala. A posse ainda teve a participação da cantora latina Jennifer Lopez, que cantou a música "This land is our land". Garth Brooks, cantor country, foi responsável pelo encerramento musical da posse, ele cantou Amazing Grace, música é um hino sobre a salvação cristã muito entoado em cerimônias oficiais nos EUA.

Outro momento que emocionou, foi a leitura de um poema escrito e recitado pela jovem, Amanda Gorman, de apenas 22 anos. O poema "A Colina que subimos", abordou temas como a invasão ao Capitólio por extremistas radicais incentivados pelo ex-presidente Donald Trump, no último dia 6 de janeiro, e que deixou um rastro de cinco mortes e dezenas de feridos.

O presidente Joe Biden, realizou o seu primeiro discurso como o novo mandatário do país, pregou a união da Nação e homenageou com um minuto de silêncio os mais de 400 mil mortos, vítimas da COVID-19, além de condenar o supremacismo branco e o terrorismo doméstico.

Biden e Harris visitaram Arlington, cemitério militar onde realizaram a entrega de uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido, eles foram acompanhados dos ex-presidentes Barack Obama, Bill Clinton e George W. Bush.

Ao chegar na Casa Branca, sua residência oficial a partir de agora, acompanhado da primeira-dama, Jill Biden, o novo presidente cumpriu seus primeiros atos, como a volta dos EUA ao acordo de Paris e o retorno à OMS (Organização Mundial de Saúde), deixados para trás por Trump.


Veja abaixo o vídeo do momento do juramento de Joe Biden:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br