Messi anuncia que jogará temporada 2020/21 pelo Barcelona, mesmo contra a sua vontade

Em entrevista, Messi afirma que fica no Barcelona contra a sua vontade, mas que dará o seu melhor em campo. (Foto: Reuters)

A novela chegou ao fim, Messi continuará no Barcelona, ao menos até o final da temporada 2020/21. O argentino confirmou que vai permanecer no único clube que jogou na vida, apesar de estar insatisfeito e de ter tentado romper unilateralmente o seu contrato.

Pesou na decisão de ficar, a multa de 700 milhões de euros (mais de R$ 4 bilhões de reais) que um clube interessado em seu passe teria que desembolsar. Messi e o Manchester City chegaram a conversar e um acordo foi feito, mas após a La Liga entrar na briga, confirmando que o argentino tem contrato ativo com o Barça, e que um rompimento de contrato só seria possível com o pagamento da multa.

Há uma cláusula que dispensa o pagamento, Messi teria que comunicar até o final da temporada que não desejava permanecer, mas devido a pandemia do coronavírus esse comunicado chegou tardiamente, e foi baseado na paralisação do futebol pela pandemia, que Messi tentou romper sem ter que pagar a multa.

Em entrevista ao site "Goal", Messi falou da sua decisão em deixar o Barcelona, o jogador negou que a derrota do Barcelona para o Bayern de Munique, por 8 a 2 na Champions League seria o motivo. "Não foi por causa do resultado da Champions contra o Bayern, eu pensava na decisão há muito tempo. Disse ao presidente e, bom, ele sempre disse que ao fim da temporada eu poderia decidir se queria ir ou se ficaria. E ao fim, não cumpriu sua palavra", desabafou.

Messi afirmou que se sente sozinho e que sua irritação com o clube se dá pela falta de projeto esportivo. "Claro que me custou muito decidir. Sempre disse que queria me aposentar aqui e sempre disse que queria ficar. Queria um projeto ganhador, ganhar títulos com o clube para seguir aumentando a lenda do Barcelona a nível de títulos. A verdade é que há tempos que não há projeto nem nada. Vão fazendo malabarismos e tapando goteiras a medida que vão acontecendo as coisas", disse.

Ao terminar a entrevista, Messi afirmou que fica no Barcelona contra a sua vontade, mas que vai dar o seu melhor em campo. "Vou continuar no Barça e a minha atitude não vai mudar, por mais que eu tenha desejado sair. Eu farei o meu melhor. Sempre quero ganhar, sou competitivo e não gosto de perder nada. Sempre quero o melhor para o clube, para o vestiário e para mim. Eu disse na época que não dava para ganharmos a Champions League. Na verdade, agora não sei o que vai acontecer. Existe um novo treinador e uma nova ideia. Isso é bom, mas depois temos que ver como a equipe responde e se dará ou não para competir. O que posso dizer é que vou ficar e dar o meu melhor", enfatizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial