Conmebol acha pouco proposta de US$ 45,5 milhões feita pela Globo para jogos da Libertadores, valor é 30% menor que contrato rescindido pela emissora em agosto

Conmebol analisa nova proposta da Globo pela Libertadores. (Foto: Reprodução/Internet)

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) analisa proposta feita pela Rede Globo para transmissão de jogos da Copa Libertadores da América. A oferta de US$ 45,5 milhões de dólares (R$ 241 milhões de reais) na atual cotação, foi considerada baixa pela entidade, que acredita que a emissora pode oferecer um pouco mais pelos jogos.

A informação é do UOL Esportes e foi confirmada pela emissora. O valor oferecido pela Globo é 30% menor do que a emissora pagava por ano no último contrato rescindido pela emissora em agosto devido a pandemia do coronavírus e o valor cambial do dólar frente ao real. O antigo contrato da Globo com a Conmebol dava direito de transmissão exclusivo à emissora até 2022, foi realizado quando a cotação do dólar era de R$ 3,88 o que fazia a emissora pagar cerca de R$ 246 milhões de reais por ano, mas com a pandemia o dólar rompeu a casa dos R$ 5,33, o que elevou os contratos vigentes saltarem para R$ 346 milhões, uma acréscimo de R$ 100 milhões.

Como a competição está paralisada em virtude da pandemia, a Globo passou a revisar os contratos de transmissão e fez um pedido de redução nos valores em 50%, não aceita pela Conmebol, forçando a rescisão do contrato pela maior emissora do Brasil.

Com a retomada da competição prevista para setembro, a Conmebol passou a buscar outras emissoras como a Band e Rede TV (canais abertos), mas ambas não possuem o poder econômico e nem de audiência que a Globo, além da Disney (TV fechada) e plataformas como Facebook e YouTube, porém, os valores oferecidos por todas não chega ao valor que a Conmebol através da IMG/Perform planeja, que é o mínimo de R$ 350 milhões de reais.

A Globo acredita que acabará fechando o novo acordo com a Conmebol, de quem é parceira há anos, além da emissora ser a única que consegue dar o alcance desejado à Libertadores. Como as negociações seguem, a emissora solicitou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil às quartas-feiras à noite, para que sejam transmitidos no lugar dos jogos antes reservados à Libertadores.

O antigo contrato da Globo com a Conmebol representava 1/5 de toda a receita da Libertadores, que é de US$ 300 milhões de dólares. A entidade pode apresentar ainda um novo modelo de contrato, que tira a exclusividade dos jogos da Globo na TV aberta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial