Governo do RN adquire 150 mil testes para confirmar anticorpos para a Covid-19

A testagem será realizada por meio da metodologia de imunoensaio por quimioluminescência in vitro. (Foto: Ascom/Sesap)

Dentro das estratégias e ações de combate à pandemia, o Governo do RN continua a testagem da população com a aquisição de 150 mil testes de sorologia com o método de quimioluminescência para verificar se o paciente já entrou em contato com o vírus, constatando a existência de anticorpos.

O público alvo deste novo teste são as pessoas sintomáticas há 14 dias e que ainda não tiveram diagnóstico positivo pelo teste RT/PCR, as categorias de trabalhadores específicas como de funerárias, coveiros, limpeza urbana, Correios, feiras livres, pescadores, motoristas (de transportes públicos, ambulâncias e aplicativos), médicos veterinários, brigadistas e bombeiros civis e militares, agentes de fiscalização, profissionais da cadeia de produção de alimentos e bebidas (inclusive área de insumos), aeronautas, aeroviários e controladores de voo, serviço de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade e de 0 a 19 anos de idade hospitalizadas com síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica.

"Esta é mais uma medida do Governo do RN e da Secretaria de Saúde para fortalecer a vigilância ativa e prestar serviço de saúde eficiente à população potiguar", informou Alessandra Luchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), destacando a otimização na assistência proporcionada pela parceria, desde o início da pandemia, com a UFRN através do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), do Instituto Metrópole Digital (IMD) e do Instituto de Medicina Tropical (IMT).

As ações da gestão estadual no combate à pandemia continuam com a ampliação de leitos nas regiões que ainda apresentam esta necessidade, como a Seridó, onde recentemente foram instaladas mais 5 UTIs no município de Currais Novos; região do Alto Oeste, que ganhou 3 novas UTIs no Hospital de Apod; Potengi, que também recebeu 3 novas UTIs em São Paulo do Potengi; e Vale do Açu, onde 10 UTIs foram abertas na cidade de Assu, nesta quarta-feira, totalizando 577 leitos críticos e clínicos de forma estratégica e regionalizada. 

Embora venha sendo observada queda na incidência de novos casos, mortes e ocupação de leitos, é preciso ainda manter os cuidados e medidas de proteção, de higiene pessoal e no uso de utensílios como copos, canetas, computadores, pratos e talheres, porque a contaminação pode ocorrer dentro do próprio domicílio. O uso da máscara continua muito importante e o distanciamento também deve ser mantido, assim como a desinfecção de ambientes.

Dados Epidemiológicos

A atualização dos dados epidemiológicos nesta sexta-feira, 21, por volta das 11h, registra 318 pacientes internados, sendo 140 em leitos críticos e 178 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 3 pacientes para leitos críticos, mas já com destino certo, 5 para leitos clínicos e 10 aguardando transporte sanitário.

A taxa geral de ocupação de leitos é de 48%. Por região, a ocupação de leitos concentra-se no Oeste e Vale do Açu (65%), Seridó (57%), Metropolitana de Natal (44%), Pau dos Ferros (30%) e Mato Grande (20%). Nas regiões Trairi e Agreste todos os leitos estão disponíveis.

Os casos confirmados somam 59.191, há 23.721 suspeitos, 103.665 foram descartados, já houve 2.154 mortes, sendo três delas nas últimas 24 horas, e há 235 óbitos em investigação.


*Por: ASSECOM/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial