Domènec Torrent chega ao Brasil e planeja ficar no comando do Flamengo por quatro ou cinco anos: "Ganhar, ganhar e ganhar"

Domènec Torrent foi recepcionado por um grupo de aproximadamente 30 torcedores que o esperavam na área de desembarque do aeroporto do Galeão. (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O novo técnico do Flamengo, o catalão Domènec Torrent, desembarcou no Rio de Janeiro no início da manhã dessa segunda-feira (3). Torrent desembarcou no aeroporto do Galeão e seguiu direto para o Ninho do Urubu, centro de treinamentos do rubro-negro carioca.

Segundo informações, Domènec Torrent vai participar de uma coletiva de imprensa e após a sabatina com jornalistas o novo treinador dará início aos trabalhos no clube, onde comandará o seu primeiro treino com o elenco principal.

Dome, como gosta de ser chamado, desembarcou acompanhado dos dirigentes Marcos Braz e Bruno Spindel, e de seus três auxiliares, e afirmou que no Flamengo a ideia é ganhar títulos. "Acho que já posso falar portugês perfeitamente. No Flamengo, a gente tem que ganhar, ganhar e ganhar. Porque o Flamengo é um dos grandes clubes do mundo. Então, acho que estamos preparados, prontos para tentar ganhar títulos e jogar bonito. Estou muito feliz por fazer parte desse grande clube, dessa grande nação. Acho que estou pronto para tentar ganhar títulos com essa grande torcida", disse em entrevista à FlaTV, canal oficial do clube no YouTube.

Ao falar sobre o seu antecessor, o português Jorge Jesus, Torrent afirmou que pretende respeitar o trabalho realizado pelo Mister, que rompeu com o rubro-negro para voltar à Portugal e assumir o comando do Benfica. "O mais importante agora é respeitar o trabalho do Jorge Jesus porque é um time ganhador. E aí, pouco a pouco, vou mudar um pouco as coisas", afirmou.

Torrent planeja vida longa à frente do Flamengo, o catalão espera ficar entre quatro e cinco anos no comando do clube. " A intenção é ficar no Brasil muitos anos. Quando estou feliz no clube, e o clube está feliz comigo, quero ficar quatro, cinco anos... Quero poder dizer que ganhamos e que o clube está muito feliz comigo", enfatizou.

Sobre a escolha do técnico, coube ao vice-presidente de futebol, Marcos Braz, explicar como o clube chegou ao nome de Torrent. "Foi tudo tranquilo, viagem boa, um pouco cansado, todo mundo, mas o objetivo foi alcançado e vamos esperar que tudo corra bem nessa nova fase. A opção foi pelo histórico dele em relação ao trabalho que fez em um grupo do Guardiola que participou, passou por esses últimos 10 anos entre os 10 maiores clubes do mundo, então acho que todo esse contexto. Sensibilidade é a palavra. Se vai dar certo ou não é outra situação", disse.

Marcos Braz também falou sobre a personalidade do novo técnico do Flamengo, apesar de uma convivência breve entre o dirigente e o novo comandante técnico. "É uma pessoa calma, tranquila, não é muito de se estourar. Acho, não, tenho certeza que é o que a gente está precisando. Vamos torcer que dê tudo certo", respondendo ao questionamento da repórter da FlaTV.

Domènec Torrent foi recepcionado por um grupo de aproximadamente trinta torcedores, que foram à área de desembarque do Galeão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial