Após sofrer ataques de grupos fundamentalistas, menina de 10 anos estuprada pelo tio recebe o apoio de grupo de mulheres do Pernambuco

No dia em que grupos atacaram uma criança de 10 anos, que era estuprada pelo tio desde os 6 anos, a chamando de assassina e criminosa, o Fórum de Mulheres de Pernambuco foi ao hospital levar e apoio e acolhimento à menina.


Mais cedo, um grupo foi ao local após a extremista criminosamente divulgar o nome da menina e o endereço do hospital onde seria realizado o procedimento para interromper a gravidez, e tentou invadir o hospital.


Em várias publicações do grupo, intitulado Pró-Vida, os fundamentalistas religiosos atacaram a criança que era a única vítima.


O assunto tomou conta das discussões nas redes sociais, que em sua grande maioria apoiavam a menina. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco, o procedimento de interrupção da gravidez da criança capixaba de 10 anos, vítima de estupro, foi concluído na noite de hoje.


Assista ao vídeo abaixo: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial