Conmebol mantém final da Libertadores para 21 de novembro no Maracanã

Libertadores está suspensa desde o início da chegada da pandemia de COVID-19. (Foto: AFP)
A final da Copa Libertadores está mantida para o dia 21 de novembro, segundo declarações do diretor de competições de clubes da Conmebol, Fred Nantes. De acordo com Nantes, a Conmebol já realizou todos os desenhos possíveis diante da pandemia de coronavírus, que paralisou todas as competições esportivas no mundo, e tudo ficou mantido como já programado.

A final será no Maracanã, no Rio de Janeiro. Sobre um possível retorno da competição, o diretor informou que a Conmebol suspendeu as partidas até o dia 5 de maio, mas que um retorno só será possível de acordo como for definido por autoridades sanitárias dos países.

"Se os países disserem que vai ser de portões fechados, vamos respeitar. O importante é que os clubes possam viajar. O que queremos é ter a garantia de implementação de protocolos determinados pelas autoridades sanitárias", disse Fred Nantes em entrevista ao jornal O Globo.

O diretor lembrou ainda, que o início do Mundial de Clubes da FIFA está previsto para acontecer no dia 9 de dezembro, com o representante da América do Sul jogando entre os dias 13 ou 14. O andamento do Mundial vai depender do desenrolar das outras competições até o final do ano.

Sobre os contratos firmados pela Conmebol para a Libertadores, Fred Nantes, garante que seguem em vigência e sem perdas financeiras para a entidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial