Avião é isolado em Nova York depois de 100 passageiros passarem mal

Passageiros que viam de Dubai e desembarcaram em Nova York, passaram mal e tiveram que aguardar dentro da aeronave até receberem atendimento médico. (Foto: Reprodução/Twitter)
Um avião da companhia aérea Emirates foi isolado após pousar no aeroporto internacional de Nova York John F. Kennedy na manhã desta quarta-feira 5. Muitos passageiros do voo se sentiram mal, causando preocupação nas autoridades.

O número de pessoas doentes ainda não está claro. Em nota, o CDC (Centro para Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês) informou que 100 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes, adoeceram.

De acordo com a emissora americana ABC, algumas pessoas relataram estar com febre alta e mais de 100 passageiros com forte tosse.

A Emirates diz que apenas dez passageiros apresentaram algum sintoma e estão sendo tratados por profissionais médicos.

No total, 500 passageiros estavam a bordo do voo 203. O avião foi isolado e policiais e agentes dos CDC recepcionaram os passageiros conforme eles iam desembarcando e os enviaram para uma avaliação médica.

A aeronave vinha de Dubai e pousou em Nova York às 9h10 do horário local. Imagens aéreas do local mostraram o avião na pista, cercado por ambulâncias, funcionários e veículos do aeroporto.
Um dos passageiros do voo, Larry Coben, publicou nas redes sociais fotos de ambulâncias que aguardavam o desembarque e de um formulário que foi entregue aos passageiros. Segundo ele, alguns passageiros já estão sendo liberados para deixar o aeroporto.




*Por: VEJA.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial