30 de ago. de 2018

Pedido para retirar nome de Lula de pesquisas eleitorais é negado pelo TSE

Lula lidera todo o cenário eleitoral brasileiro desde o ano passado, mesmo preso após condenação pela Lava Jato. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
Não vigorou a ação imposta pelo Instituto Democracia e Liberdade (IDL) e pelo deputado estadual Luiz Augusto Silva, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e que pedia a retirada do nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) das pesquisas de levantamento das intenções de voto nas eleições de 2018.

O pedido foi rejeitado pelo ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, que em seu despacho afirmou que o pedido foi formalizado por parte ilegítima, em instrumento processual inidôneo e fora do período estabelecido na legislação eleitoral.

O ministro então determinou o imediato arquivamento, após não reconhecer a petição do IDL e do deputado. Lula que foi condenado em segunda instância com pena de 12 anos e 1 mês de prisão, cumpre a condenação na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba, no Paraná, lidera o cenário eleitoral em todas as pesquisas divulgadas desde o ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br