22 maio 2018

Principal diplomata dos EUA é expulso da Venezuela pelo presidente Maduro

Maduro expulsa principal diplomata dos EUA em Caracas, após governo norte-americano não reconhecer sua vitória e impor sanção econômica à Venezuela. (Foto: REUTERS/Marco Bello)
Todd Robinson, o mais alto diplomata dos Estados Unidos em Caracas, capital da Venezuela, foi expulso do país pelo presidente, Nicolás Maduro. 

Maduro acusou o embaixador de conspiração contra seu governo e deu um prazo de 48 horas para que o encarregado das Relações dos Estados Unidos, e seu vice, Brian Naranjo, deixem o país.

A expulsão acontece dois dias após os Estados Unidos, contestar a reeleição de Maduro, que foi reeleito para mais um mandato no domingo (20), em uma eleição antecipada por Maduro em mais de um ano e que contou com menos de 50% de participação da população nas urnas.

Os Estados Unidos não reconheceram a votação nesta segunda-feira (21) e assinaram uma ordem que limita as possibilidades do governo venezuelano de vender ativos ao mercado financeiro. Até o momento os norte-americanos não se pronunciaram sobre a expulsão do diplomata e de seu vice.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br