Polícia apreende adolescente de 15 anos que confessa ter atirado na cabeça do bombeiro mirim, Luan Thales

Luan Thales morreu após ter sido atingido por um tiro durante tentativa de assalto no último dia 9 de maio. (Foto: Arquivo Pessoal)
A polícia apreendeu em flagrante um adolescente de 15 anos, que realizava um arrastão no centro de Natal, nesta quarta-feira (23), o mais impressionante dessa história veio em seguida. O adolescente confessou que foi de sua autoria o tiro que matou o ex-bombeiro mirim, Luan Thales da Silva, 20 anos, durante uma tentativa de assalto, também na capital potiguar.

Segundo o adolescente, Luan Thales teria reagido ao assalto e por isso ele atirou na cabeça do jovem, que fazia parte do projeto "Bombeiro Mirim", do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, como  monitor voluntário.

O crime aconteceu no dia 9 de maio, na Avenida Bernardo Vieira. Luan Thales morreu dois dias após ter sido atingido com um tiro na cabeça pelo adolescente apreendido hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial