#BBB20: MP pede inquérito para apurar denúncias de estupros e tentativa de estupro contra Prior

Mesmo com o apoio de diversos jogadores, entre eles Neymar e Gabigol, Felipe Prior foi eliminado com 56,73% dos votos na última terça-feira (31). (Foto: Reprodução/Rede Globo)
O Ministério Público de São Paulo requisitou à polícia uma investigação das denúncias de estupro e de tentativa de estupro que teriam sido cometidos pelo último eliminado do BBB 20, Felipe Prior. Nesta sexta-feira (3), a revista 'Marie Claire' informou ter tido acesso a um documento que acusa formalmente o ex-BBB de violentar mulheres entre os anos de 2014 e 2018. 

São duas denúncias de estupro e uma terceira de tentativa de estupro. Prior não quis se posicionar, após sua assessoria negar as acusações. A Globo disse entender 'que cabe às autoridades a apuração rigorosa de denúncias como estas'.

A emissora estuda não exibir reportagem feita pela produção do Fantástico com o ex-participante do reality, que bateu recorde mundial de votação em um reality show, com a marca de mais de 1,5 bilhão de votos. Prior que disputava o paredão com Manu Gavassi e Mari, foi eliminado com 56,73% dos votos.

O arquiteto de 27 anos, demonstrou durante sua passagem pelo reality, um temperamento bastante explosivo, além de atitudes machistas contra as mulheres participantes do BBB. No paredão histórico, Prior recebeu o apoio de muitos jogadores como Neymar, Gabigol, Arrascaeta e tantos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial