5 de fev. de 2021

Ministério da Saúde sinaliza compra de 10 milhões de doses da Sputnik V e imunizante deve chegar ao Brasil em 15 dias, Anvisa estuda uso emergencial

União Química e Ministério da Saúde dão como certa a aprovação do uso emergencial da Sputnik V pela Anvisa, resposta deve sair na próxima semana. (Foto: REUTERS/Agustin Marcarian)

O Ministério da Saúde sinalizou positivamente para a compra de 10 milhões de doses da vacina russa Sputnik V, que será produzida no Brasil pela União Química, que possui contrato de transferência de tecnologia com o Fundo Soberano da Rússia. 

A informação foi confirmada por Rogério Rosso, diretor de negócios internacionais da União Química, após uma reunião no Ministério da Saúde nesta sexta-feira (5). De acordo com Rosso, as deliberações para a importação das doses já está em andamento com Moscou, e que a compra só depende do sinal verde da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a liberação do uso emergencial do imunizante no país, o que deve ocorrer até a próxima semana. A União Química informou que já foram entregues mais de 80% da documentação exigida e que a expectativa é pela aprovação.

A aprovação do uso emergencial também é vista como certa por técnicos do Ministério da Saúde, o que levou positivamente para o desfecho positivo para a aquisição do imunizante russo. A União Química já trabalha com o aparato logístico e previsão de entrega do lote com as doses em até 15 dias.

Porém, essas doses só devem ser entregues ao Ministério da Saúde para a ingressão no Plano Nacional de Imunização (PNI) no prazo máximo de 60 dias, segundo Rosso. A União Química terá capacidade de produzir até 8 milhões de doses da Sputnik V por mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br