4 de fev. de 2021

Lucas Braga, do Santos, sofre ofensas racistas de radialista do Rio Grande do Sul



O atacante do Santos, Lucas Braga, sofreu ofensas racistas do radialista Haroldo de Souza, durante a partida do Peixe contra o Grêmio, em Porto Alegre, na noite de ontem (3). As ofensas foram feitas durante a transmissão da partida pela Rádio Grenal, do Rio Grande do Sul.

"Aquele crioulinho que está lá na ponta esquerda do time do Santos, quem é ele?", questionou o radialista ao repórter de campo da Rádio Grenal. Ao obter a resposta de que se tratava de Lucas Braga, Haroldo continuou com as ofensas. "Ah, o Lucas Braga que está caído lá. É o moreno, né? Moreno, cidadão de cor, numa boa," disse.

Com a repercussão do caso, o radialista tentou se defender, dizendo que é filho de negro, casado com uma mulher negra, que foi criado em meio à pessoas negras e que chegou a fundar uma escola de samba formada em sua maioria por negros, tendo apenas duas pessoas brancas e uma "sarará". "Sou filho de negro-nego Benê. Sou casado com uma mulher da raça negra. Fui criado em meio aos negros. Criei uma escola de samba com todos integrantes negros, só dois brancos e um sarará. Narrando futebol há 58 anos, muitas vezes disse: "Quem é aquele neguinho lá na ponta"?, "Quem é aquele alemão ali no meio" ? e "E esse polaco aí quem é"?", escreveu em uma rede social.

O radialista seguiu sua defesa, pedindo desculpas e que não houve a intenção de racismo em suas falas. "Peço desculpas se minha fala ofendeu alguém, mas estejam certos que não houve intenção de racismo e que minha vida pessoal e profissional são pautadas pelo respeito a toda sociedade, aos jogadores e torcedores que fazem desse esporte um grande espetáculo. Reitero minhas sinceras desculpas aos ouvintes que sempre nos acompanham e nos brindam com a sua audiência", enfatizou.

O Santos e a MMC Sports, empresa que gerencia a carreira de Lucas Braga, repudiaram as falas racistas, o clube disse em nota que vai acionar a área jurídica do clube para tomar todas as medidas legais. (Veja as notas no final da reportagem).

Em nota, a Rádio Grenal disse "não compactuar com qualquer tipo de atitude discriminatória a quem quer que seja, pautando a sua atuação através do respeito a todos, sem exceção". A rádio encerra a nota, afirmando que tem apreço por toda a sociedade, sem qualquer tipo de discriminação.

A Aceg-RS (Associação dos Cronistas Esportivos Gaúchos) também repudiou a fala do radialista através de nota.

Veja abaixo as notas do Santos e da MMC Sports:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br