23 dezembro 2020

#Opinião | O imoral aumento salarial dos vereadores de Natal

Votaram a favor do reajuste 18 vereadores, 5 votaram contra e 6 não votaram. (Foto: Elpídio Júnior/Divulgação/CMN)

Ao declarar o seu voto pelo aumento salarial de R$ 1.600,00 reais, a vereadora Nina Souza (PDT), afirmou merecer o reajuste por ser produtiva. A votação ocorreu nesta quarta-feira (23) e foi colocada em caráter de urgência pela Mesa Diretora, à qual, a vereadora é vice-presidente. 

Com ela, outros 17 vereadores acharam justo, mesmo com recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), reajustar seus vencimentos, pois segundo a vereadora Nina Souza, eles não conseguem sobreviver com R$ 12 mil reais (salário líquido de um vereador de Natal).

A vereadora defensora do próprio bolso, ainda usou recursos de oratória como muitos aqui não podem ter nem plano de saúde e usam o SUS (alguém já viu algum deles em uma fila de posto de saúde, UPA ou hospital municipal?), para justificar o injustificável.

Imagina o trabalhador, esse sim que produz, e que sobrevive mensalmente com R$ 1.045,00 reais e em muitos casos com menos? Esse só terá um aumento de R$ 43,00 reais e esses, volto a dizer, produzem bem mais que a vereadora e seus pares.

Além do vergonhoso aumento, ficou gravado nos "anais" da Câmara Municipal de Natal, esse discurso tosco e vergonhoso da vereadora, que não teve essa coragem de falar em aumento no período de campanha.

Apenas cinco vereadores votaram contra o reajuste dos próprios salários, foram eles: Ana Paula Araújo (PL), Júlia Arruda (PCdoB), Divaneide Basílio (PT), Eleika Bezerra (PSL) e Franklin Capistrano (PSB).

Veja abaixo o vídeo com o discurso da vereadora Nina Souza:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br