23 abril 2018

Lula terá recurso contra prisão julgado virtualmente por ministros do STF

Recurso do ex-presidente Lula contra prisão será julgado virtualmente pelos cinco ministros da Segunda Turma do STF. (Foto: Reprodução/TV Globo)
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin, liberou para julgamento em plenário virtual na Segunda Turma, recurso do ex-presidente Lula (PT) contra sua prisão.

O julgamento virtual está previsto para acontecer entre os dias 4 e 10 de maio pelos ministros, que utilizarão uma plataforma interna do STF, na qual cada ministro expõe seu voto. Além de Fachin, integram a Segunda Turma os ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Celso de Mello.

A defesa de Lula argumenta que a prisão do seu cliente não poderia ser decretada antes de esgotados os recursos. Para o ministro Fachin, que é relator dos processos da Lava Jato no STF, a existência de embargos de declaração pendentes não impedia a execução da pena.

Outra que defende a prisão após a condenação em segunda instância, situação do ex-presidente, é a procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

O ex-presidente Lula está preso desde o dia 7 de abril, após longa jornada de negociação com a Polícia Federal, que aguardava para cumprir a ordem de prisão expedida pelo juiz Sérgio Moro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br