29 de mar. de 2018

José Yunes, amigo e ex-assessor de Temer é preso pela PF em São Paulo

José Yunes é apontado por Lúcio Funaro como administrador de propinas direcionadas ao presidente Michel Temer. (Foto: Folha S. Paulo)
O ex-assessor e amigo pessoal do presidente Michel Temer (MDB), José Yunes, foi preso na manhã de hoje (29) pela Polícia Federal, em São Paulo.

A prisão foi determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, que é relator no processo que investiga suposta participação do presidente Michel Temer em decreto que beneficiou empresas do setor portuário através de um decreto assinado por Temer.

De acordo com a defesa de Yunes, a prisão tem caráter preventivo e é de cinco dias, o advogado José Luis de Oliveira Lima, a prisão do seu cliente é ilegal e uma violência contra Yunes e contra a cidadania.

José Yunes é advogado e foi acusado pelo delator da Lava Jato e operador financeiro do MDB, Lúcio Funaro, de ser um dos responsáveis pela administração de propinas direcionadas ao presidente Michel Temer.

O ex-assessor de Temer, pediu demissão do cargo em 2016, quando surgiram as primeiras denúncias contra Michel Temer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

+ LIDAS

CONTATOS

Sede: Rua Tarauca, 240 – Conjunto Santarém – Potengi – Natal – RN – Cep. 59124-550

Redação e Comercial: (84) 98177-1709 - contato@rodrigoklyngerr.com.br