The Intercept Brasil comprova autenticidade de mensagens ao divulgar primeiro áudio de conversa de Dallagnol com grupo no Telegram

Áudio de Deltan Dallagnol comprova autenticidade de mensagens divulgadas pelo The Intercept Brasil. (Foto: Reprodução/MSPontoCom)
Há um mês atrás o site The Intercept Brasil começava a divulgar uma série de reportagens com mensagens trocadas por procuradores, juízes e policiais federais envolvidos na operação Lava Jato, por meio do aplicativo de mensagens Telegram e obtidos através de uma fonte anônima.

As mensagens mostram uma série de irregularidades e abuso do poder praticados por aqueles até aqui tidos como heróis e salvadores da pátria, em especial o "Russo", codinome do ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Sergio Moro.

No áudio divulgado hoje (9) pelo The Intercept, quem aparece é o coordenador da Lava Jato em Curitiba e responsável pela denuncia através de um Power Point que acabou na condenação e prisão do ex-presidente Lula (PT), Deltan Dallagnol. Na mensagem de voz, Deltan comemora em um grupo no Telegram a notícia da proibição pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, de que Lula desse entrevista à Folha de São Paulo, dias antes do primeiro turno das eleições de 2018, pleito esse vencido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Até então, todas as mensagens divulgadas pelo The Intercept Brasil e outros meios de comunicação como a revista Veja e a Folha de São Paulo, eram rechaçadas e até mesmo desacreditadas junto à opinião pública pelos envolvidos. Inúmeras vezes o ex-juiz Sergio Moro, Deltan Dallagnol, Ministério Público Federal e demais envolvidos questionavam a autenticidade das mensagens e colocavam o trabalho jornalístico do site em cheque, agora com a divulgação do áudio, o primeiro de muitos, qual dos envolvidos ainda duvidará de sua autenticidade?

Veja abaixo o áudio divulgado pelo The Intercept Brasil:




Ver essa foto no Instagram

Há um mês atrás o site The Intercept Brasil começava a divulgar uma série de reportagens com mensagens trocadas por procuradores, juízes e policiais federais envolvidos na operação Lava Jato, por meio do aplicativo de mensagens Telegram e obtidos através de uma fonte ânima. As mensagens mostram uma série de irregularidades e abuso do poder praticados por aqueles até aqui tidos como heróis e salvadores da pátria, em especial o "Russo", codinome do ex-juiz e atual ministro da Justiça e Segurança Sergio Moro. No áudio divulgado hoje (9) pelo The Intercept, quem aparece é o coordenador da Lava Jato em Curitiba e responsável pela denuncia através de um Power Point que acabou na condenação e prisão do ex-presidente Lula (PT), Deltan Dallagnol. Na mensagem de voz, Deltan comemora em um grupo no Telegram a notícia da proibição pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, de que Lula desse entrevista à Folha de São Paulo, dias antes do primeiro turno das eleições de 2018, pleito esse vencido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).
Uma publicação compartilhada por Blog Rodrigo Klyngerr (@blogrodrigoklyngerr) em

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais antiga Página inicial