Seturn afirma durante audiência pública na Câmara de Vereadores, que tarifa de ônibus pode chegar aos R$ 4 em Natal

Audiência pública que debateu o sistema de ônibus de Natal foi um propositura do vereador Maurício Gurgel (PSOL). (Foto: Reprodução/Facebook do vereador)
O usuário de ônibus de Natal poderá pagar até R$ 4 reais para se deslocar pela capital potiguar, segundo revelou o consultor técnico do Seturn, sindicato que representa os empresários do setor, Nilson Queiroga, durante audiência pública realizada na manhã de hoje (19) na Câmara Municipal de Natal, para debater justamente o pedido de reajuste solicitado à Prefeitura do Natal.

De acordo com o consultor do Seturn, caso a Prefeitura não conceda isenção fiscal de ISS e o Governo do Estado de ICMS, a tarifa poderá atingir os R$ 4 reais e não mais os R$ 3,90 pleiteados pelas empresas. Atualmente a tarifa está em R$ 3,65 na capital potiguar.

O próprio Nilson Queiroga, afirmou ainda, que as empresas recebendo as isenções fiscais do ISS e ICMS, a tarifa poderia ser reduzida em mais de R$ 1 real, o que segundo o consultor é um interesse dos empresários, uma vez que há uma queda no número de usuários que utilizam os ônibus na cidade.

Para o engenheiro Nilton Filho, que representou a STTU (Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal), a proposta de isenção fiscal proposta pelo Seturn não é viável, e que é preciso um estudo técnico sobre o tema. O representante da STTU não confirmou um reajuste e que toda a demanda apresentada na audiência será estudada pela pasta.

A audiência pública que debateu o reajuste na tarifa e os serviços prestados pelas empresas de ônibus em Natal, foi uma propositura do mandato do vereador Maurício Gurgel (PSOL) e contou com as presenças, além de representantes do Seturn e STTU, de representantes da sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial