Para Bolsonaro, o Dnit estava agindo por interesse de políticos e presidente anuncia fim das lombadas eletrônicas em rodovias federais



O presidente Jair Bolsonaro anunciou a decisão de acabar com as barreiras (ou lombadas) eletrônicas nas rodovias federais do país. A intenção foi anunciada durante uma Live (transmissão ao vivo) feita pelo presidente em sua página no Facebook, na noite de ontem (7).

Bolsonaro acusou gestões passadas de usar o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para interesses políticos e criticou duramente o número "exagerado" de lombadas eletrônicas nas rodovias. “Decisão nossa: não teremos mais nenhuma nova lombada eletrônica no Brasil. As que existem, quando forem perdendo a validade, não serão renovadas. […] Vale lembrar que o DNIT estava, até pouco tempo, na mão de partidos políticos. Isso acabou e esse departamento está, agora, voltado para trabalhar 100% em benefício dos condutores”.

Além do anúncio do fim das lombadas, que segundo o próprio presidente, foram implantadas mais para arrecadar com multas do que para diminuir acidentes, Bolsonaro voltou a confirmar a intenção de aumentar a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de cinco para dez anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial