Marina Silva lembra fake news de 2014 e afirma que Dilma Rousseff tentou destruir sua biografia



Em live realizada pelo comediante e apresentador Fábio Porchat, em seu perfil no Instagram, a ex-senadora Marina Silva, revelou sentir dor ao lembrar que na corrida presidencial de 2014, a ex-presidente Dilma Rousseff, tentou destruir sua biografia com fake news.

Ao relembrar a campanha, em que acabou em terceiro lugar, Marina, que foi ex-ministra do Meio Ambiente no governo do ex-presidente Lula, destacou algumas das mentiras criadas à época. "Falaram que eu iria acabar com o Bolsa Família, que por eu ser evangélica acabaria com a padroeira do Brasil, que por eu ser de outro partido iria acabar com o Minha Casa, Minha Vida", disse.

Marina Silva disse não sentir mágoas, mas dor, principalmente por ter partido da ex-presidente Dilma, os ataques que segundo ela tentaram acabar com a sua biografia. "Eu sinto dor, graças a Deus não mágoas, eu nunca pensei que fosse uma mulher a tentar destruir a biografia e aniquilar outra mulher", revelou.

Após as declarações, o nome de Marina Silva entrou nos assuntos mais comentados no Twitter. A ex-presidente Dilma Rousseff, ainda não se pronunciou sobre as declarações de Marina Silva.

Veja o vídeo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial