Glenn Greenwald relembra ataque de Augusto Nunes aos filhos adotivos e é agredido pelo jornalista, assista ao vídeo

Agressão de Augusto Nunes à Glenn Greenwald tomou conta do Twitter, há quem aprovou e há quem reprovou. (Foto: Reprodução/Jovem Pan)
Ao relembrar declaração do jornalista Augusto Nunes sobre seus filhos adotivos, Glenn Greenwald é agredido com tapa na cara pelo jornalista, durante a participação de ambos no programa de rádio "Pânico na Jovem Pan", nesta quinta-feira (7). Glenn que é casado com o deputado federal David Miranda (PSOL) e é responsável pelo site The Intercept Brasil, que vem revelando diálogos dos responsáveis pela Lava Jato, não sabia da participação de Augusto Nunes no programa, mas fez questão de afirmar que aceitava participar da entrevista, por acreditar que é possível dialogar com qualquer um.

Antes de iniciar o debate político proposto pelo programa e intermediado pelo apresentador Emílio Surita e sua turma, Glenn cobrou de Nunes explicações sobre sua declaração no mesmo programa sobre seus filhos adotivos.

De acordo com Glenn, Nunes teria dito que um juiz de menores deveria investigar seus filhos e decidir se ele e seu marido deveriam ou não perder a guarda dos filhos. Ao questionar se Nunes acreditava mesmo que ele e David deveriam perder a guarda dos filhos, o jornalista disse ter feito apenas um ataque bem humorado e que Glenn não sabia identificar isso.

Glenn ficou visivelmente irritado com a nova declaração e chamou Nunes de covarde, com isso ambos começaram a discutir e foi nesse momento que Nunes tentou um primeiro tapa na cara de Glenn que se levantou e numa nova investida foi agredido por Nunes.

O apresentador Emílio Surita interrompeu a entrevista e a transmissão ao vivo do programa por 12 minutos, ao retornar, Augusto Nunes já não estava mais no estúdio do programa. Glenn continuou a entrevista, mas foi acusado pelo apresentador e por alguns integrantes do elenco de se fazer de vítima, apesar de ter sido agredido.

Assista ao vídeo da agressão:



Ver essa foto no Instagram

Ao relembrar declaração do jornalista Augusto Nunes sobre seus filhos adotivos, Glenn Greenwald é agredido com tapa na cara pelo jornalista, durante a participação de ambos no programa de rádio "Pânico na Jovem Pan", nesta quinta-feira (7). Glenn que é casado com o deputado federal David Miranda (PSOL) e é responsável pelo site The Intercept Brasil, que vem revelando diálogos dos responsáveis pela Lava Jato, não sabia da participação de Augusto Nunes no programa, mas fez questão de afirmar que aceitava participar da entrevista, por acreditar que é possível dialogar com qualquer um. Antes de iniciar o debate político proposto pelo programa e intermediado pelo apresentador Emílio Surita e sua turma, Glenn cobrou de Nunes explicações sobre sua declaração no mesmo programa sobre seus filhos adotivos. De acordo com Glenn, Nunes teria dito que um juiz de menores deveria investigar seus filhos e decidir se ele e seu marido deveriam ou não perder a guarda dos filhos. Ao questionar se Nunes acreditava mesmo que ele e David deveriam perder a guarda dos filhos, o jornalista disse ter feito apenas um ataque bem humorado e que Glenn não sabia identificar isso. Glenn ficou visivelmente irritado com a nova declaração e chamou Nunes de covarde, com isso ambos começaram a discutir e foi nesse momento que Nunes tentou um primeiro tapa na cara de Glenn que se levantou e numa nova investida foi agredido por Nunes. O apresentador Emílio Surita interrompeu a entrevista e a transmissão ao vivo do programa por 12 minutos, ao retornar, Augusto Nunes já não estava mais no estúdio do programa. Glenn continuou a entrevista, mas foi acusado pelo apresentador e por alguns integrantes do elenco de se fazer de vítima, apesar de ter sido agredido. 🎥 Reprodução/Jovem Pan #BlogRodrigoKlyngerr #Jornalismo #Glenn #Nunes #Pânico #Rádio #Blogger #SeÉNotíciaVocêEncontraAqui
Uma publicação compartilhada por Blog Rodrigo Klyngerr (@blogrodrigoklyngerr) em

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial