Para contestar depoimento de porteiro, Carlos Bolsonaro grava vídeo mostrando registros de entrada em condomínio

O vereador Carlos Bolsonaro, divulgou vídeo nesta e áudio tirados, segundo ele, do sistema que grava ligações da portaria do Condomínio Vivendas da Barra, no qual um homem anuncia chegada de Élcio Queiroz à casa 65, onde morava Ronnie Lessa. os dois presos pela morte de Marielle. 

Em depoimento, porteiro disse à polícia que Élcio havia sido liberado por alguém da casa de Jair Bolsonaro, pai do vereador. O vídeo com o áudio foi divulgado nas redes sociais do vereador na manhã de hoje (30) e compartilhada pelo perfil de seu pai.

O material foi apresentado por Carlos para contestar as informações fornecidas à polícia pelo porteiro do condomínio e o registro manual de entrada de visitantes, já analisado pelos investigadores.

De acordo com fontes ouvidas pela TV Globo, há divergências entre as entradas registradas no documento em papel e as exibidas no vídeo por Carlos. Há, por exemplo, entradas que aparecem em um registro mas não em outro.

As gravações de áudio mostradas pelo filho do presidente já estão em poder da polícia, mas não foram periciadas porque os investigadores decidiram esperar por uma manifestação do Supremo Tribunal Federal (STF) em função da citação ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Assista ao vídeo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial