Em noite inspirada, Flamengo goleia o Grêmio e volta à uma final de Libertadores após 38 anos

Gabigol puxou a comemoração após fazer o segundo dele em cobrança de pênalti. (Foto: André Durão/GloboEsporte.com)
Não deu para o Grêmio, o Tricolor gaúcho foi a mais nova vítima do imbatível Flamengo, que em pleno Maracanã, com quase 70 mil torcedores e mais de R$ 8 milhões de reais arrecadados, goleou por 5 a 0, o tricampeão da Libertadores, garantindo sua ida à grande final depois de 38 anos.

Com um futebol que vem encantando o país, o Flamengo fez um primeiro tempo atípico, mas conseguiu abrir o placar na reta final da primeira etapa com um belo gol de Bruno Henrique. O Grêmio antes de sofrer o primeiro gol, estava melhor em campo e por muito pouco e graças ao goleiro rubro-negro não abriu o placar.

Na volta para a etapa final, vimos um Flamengo gigante em campo, enquanto os gremistas pareciam não entender o que estavam fazendo no gramado do Maracanã, o que acabou abrindo o apetite dos donos da casa. Gabriel Barbosa, o Gabigol, logo aos quatro minutos fez um golaço e ampliou o placar, pouco tempo depois Bruno Henrique sofreu pênalti e Gabigol fez o terceiro do Flamengo, sétimo dele na competição. O quarto e quinto gols, vieram de bolas paradas, Pablo Marí e Rodrigo Caio marcaram de cabeça fechando a goleada, maior já sofrida pelo Grêmio em sua história pela Libertadores.

Ao todo, o placar final (jogos de ida e volta) o Flamengo venceu o Grêmio por 6 a 1. Com o triunfo, o Rubro-Negro carioca vai encarar o atual campeão da Libertadores, o River Plate, no próximo dia 23 de novembro, em Santiago no Chile.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial