Milan é excluído de competições europeias na temporada 2019/2020

Com a exclusão, o ex-Flamengo, Lucas Paquetá ficará fora da Liga Europa. (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)
Classificado dentro de campo por ter sido o quinto colocado do Campeonato Italiano, o Milan foi excluído da próxima edição da Liga Europa por violação à regra de fair play Financeiro da Uefa. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 28, pela Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

“O Milan está excluído da participação nas competições do clube da Uefa da temporada esportiva de 2019/2020 como consequência do descumprimento de suas obrigações quanto ao fair play financeiro durante as temporadas de 2015/2016, 2016/2017 e 2017/2018”, disse o comunicado oficial emitido pela entidade.

Em junho de 2018, a Uefa acusou o Milan de quebrar a norma. Um mês depois, a CAS determinou que o clube italiano havia superado o limite de gastos por 121 milhões de euros (526 milhões de reais na cotação atual). Em novembro, a Uefa anunciou que o Milan não poderia participar de torneios continentais na temporada 2019/2020. A equipe italiana recorreu à CAS até que na última segunda-feira 24 as duas partes chegaram a um entendimento e o clube aceitou a punição, confirmada nesta sexta.

Desta forma, a vaga direta para a fase de grupos da Liga Europa, que era do Milan, ficará com a Roma. O Torino também se beneficia da situação. A equipe de Turim, sétima colocada no Campeonato Italiano, ganha a chance de disputar as fases preliminares do torneio continental.


*Por: Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial