Votação para escolha do presidente da Câmara de Macapá termina com socos e pontapés de vereadores

A eleição para a escolha do novo presidente da Câmara Municipal de Macapá, capital do Amapá, nem começou e acabou com uma grande e vergonhosa confusão, ao ponto dos vereadores Yuri Pelaes (MDB) e Caetano Bentes (PSC), que após intensa discussão partiram para as vias de fato e saíram na mão.

A confusão teve início após o vereador Pastor Didio (PRB) apresentou um documento sem apresentar justificativa, solicitando a suspensão da sessão.

Caetano Bentes que é secretário da Câmara, não atendeu ao pedido de Yuri Pelaes para ler o documento apresentado pelo Pastor Didio, mas o pedido de leitura foi prontamente negado por Bentes, o que desencadeou todo o tumulto.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal foram chamados à Câmara de Macapá para conter os ânimos dos vereadores. 

Os envolvidos na confusão ainda não se pronunciaram sobre o ocorrido. A sessão foi interrompida após a confusão.

Veja o vídeo da confusão abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial