Mais de 60 iPhones importados de forma irregular foram apreendidos pela Receita Federal no aeroporto Aluízio Alves

Os aparelhos de iPhone estavam em duas malas que foram abandonadas por passageiro após as mesmas serem devolvidas na esteira de devolução de bagagens. (Foto: Divulgação/Receita Federal)
A Receita Federal realizou no último domingo (14) operação que resultou na apreensão de mais de 60 aparelhos de smartphones da marca iPhone, no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante.

De acordo com a Receita, os aparelhos foram importados de forma irregular e estavam em duas malas inspecionadas. Uma denúncia dava conta que um passageiro que teria embarcado no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, estava com o material. Após as malas terem sido devolvidas pela esteira de devolução de bagagens, o passageiro ainda não identificado simplesmente abandonou as malas com os aparelhos e desapareceu.

Ao abrir as bagagens abandonadas, o vasto material importado irregularmente foi descoberto pela Receita Federal. A origem da mercadoria foi identificada como vinda de Foz do Iguaçu, no Paraná. A equipe aduaneira já tinha realizado apreensão de diversos produtos como celulares, perfumes e outras de origem estrangeira, oriundas de Foz do Iguaçu e com passageiros vindos do aeroporto de Guarulhos.

Esse tipo de apreensão vindos de voos de Foz do Iguaçu, passando pelo terminal paulista e com destino final no aeroporto do Rio Grande do Norte está cada vez mais frequente. A entrada desses produtos importados de forma irregular se dá pela proximidade de Foz do Iguaçu com países de fronteira como Argentina e Paraguai.

Apesar da apreensão ter ocorrido no domingo, a informação só foi divulgada pela Receita Federal nesta terça-feira (16).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial