Flamengo e Fluminense vão administrar o Maracanã pelos próximos seis meses



Um acordo entre Flamengo e Fluminense, colocou a gerência do estádio Maracanã nas mãos dos dois clubes cariocas. O acordo se dará pelos próximos seis meses, podendo ser prorrogado por mais seis meses, segundo informações divulgadas pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Com o acordo entre os dois clubes e o Governo do Rio de Janeiro, os custos fixos do Maracanã, atualmente orçados em aproximadamente R$ 2 milhões de reais por mês, será custeado pelos clubes, que também terão que desembolsar mensalmente a quantia de R$ 166.666,67, recursos repassados ao Estado, que por sua vez repassará a quantia ao complexo Célio de Barros e Júlio Delamare.

A parceria também possibilitou a exploração do Tour Maracanã, onde 10% do faturamento ou a quantia mínima de R$ 64 mil reais, será destinado ao Governo. De acordo com o governador, o prazo do acordo permitirá que o seu governo desenvolva com calma um novo processo de licitação de parceria público-privado (PPP), para a exploração comercial do estádio.

Em nota conjunta, Flamengo e Fluminense garantem que o Maracanã está de portas abertas para outros clubes cariocas, como o Botafogo e Vasco, e que a intenção é de que o estádio seja utilizado tanto pelo futebol carioca, quanto de outros clubes brasileiros, além da abertura para a realização de shows e outros eventos que possam gerar a rentabilidade para o estádio.

No próximo dia 18 o atual consórcio que gere o Maracanã, liderado pela Odebrecht, deixará o comando do estádio após decisão do governador Wilson Witzel, pela quebra do contrato. Flamengo e Fluminense esperam tomar o comando do estádio no dia seguinte, ou seja, em 19 de abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial