Inundações na Indonésia deixam 89 mortos e mais de 6,8 mil pessoas precisaram deixar suas casas

Mais de 11,7 mil famílias foram afetadas com as inundações. Sentani, na província de Papua, no leste do país, foi uma das localidades mais afetadas na Indonésia. (Foto: Barce Rumkabu/AP Photo)
As autoridades da Indonésia informaram nesta terça-feira (19) que subiu para 89 o número de mortos após as devastadoras inundações que atingiram no sábado (16) a província de Papua, no leste do país. Os trabalhos de resgate e busca continuam, pois 74 pessoas estão desaparecidas.

O número de feridos também subiu para 159 - 84 graves e 75 leves, segundo o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho.

Das mortes, 82 aconteceram por causa de enchentes na região de Sentani, a cerca de 20 km da capital provincial de Jayapura.

"O número de mortos continua a crescer devido à enorme extensão afetada pelo desastre", disse Sutopo em comunicado.

Mais de 11,7 mil famílias foram afetadas pelas inundações provocadas pelas chuvas torrenciais que atingiram a região no sábado (16). Mais de 6,8 mil pessoas precisaram deixar suas casas.

A tromba d'água de água danificou seriamente 350 imóveis, assim como oito escolas, duas igrejas e uma mesquita e três pontes na cidade de Sentani, localizada na base das Montanhas Cycloop.

A metade ocidental da ilha de Nova Guiné, onde está localizada a província de Papua, pertence à Indonésia e é um território rico em recursos naturais embora subdesenvolvido, enquanto a parte oriental corresponde à República de Papua Nova Guiné.


*Por: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial