Flamengo vence LDU e se isola na liderança do Grupo D da Libertadores

A comemoração de Gabigol, que assumiu a artilharia do Flamengo na temporada. (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Em noite de Maracanã lotado, o Flamengo recebeu a LDU em seu segundo jogo pela Libertadores, com sua segunda vitória consecutiva dentro da competição, a primeira dentro de casa. Com o resultado de 3 a 1, o rubro-negro carioca se isolou na liderança do Grupo D e manteve 100% de aproveitamento na competição.

O Flamengo dominou o primeiro tempo e abriu o placar logo aos 7 minutos. Renê deixou com Diego, que passou para Éverton Ribeiro, sozinho, mandou para o fundo do gol. Com o primeiro gol, os rubro-negros perderam algumas chances, sendo a melhor delas com Gabigol, que desperdiçou aos 28 com o gol vazio. Quando tudo parecia seguir tranquilo, Diego aos 43 cometeu pênalti bobo em Vega após rara aparição da LDU no ataque. Intriago cobrou, mas acabou parando em defesaa espetacular do goleiro Diego Alves que caiu no canto certo e espalmou, garantido a vantagem rubro-negra ao fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Flamengo seguiu dominando a partida, mas demorou a chegar com perigo. Sem ser atacado, a equipe comandada por Abel Braga povoou o campo de ataque e ampliou a vantagem com gols de Gabigol e Uribe, que substituiu Bruno Henrique. A LDU só chegou ao gol aos 44 da etapa final, quando Trauco, que substituiu o Renê, derrubou Freire na área. Borja fez valer a lei do ex (ele foi jogador do Flamengo) e descontou, fazendo o único gol do clube uruguaio.

Peñarol e San José, que estão no Grupo D, jogam hoje (14) fechando essa segunda rodada do grupo pela Libertadores. Ambos os clubes ainda não pontuaram na competição. O Flamengo voltará a campo pela competição apenas no dia 3 de abril, quando enfrentará o Peñarol também no Maracanã.

O público presente nesta quarta-feira (13) no Maracanã, foi de 62.440 pessoas, sendo 58.034 pagantes, o que gerou uma receita de R$ 2.596.530,50. A partida registrou o maior público em estádios no Brasil nesta temporada, o recorde anterior também era do Flamengo na partida contra o Fluminense pela Taça Guanabara, quando o rubro-negro perdeu por 1 a 0.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial