Bolsonaro: “Democracia só existe quando as Forças Armadas assim o querem”

Declaração foi dada durante discurso em evento comemorativo aos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais no Rio de Janeiro. (Foto: Marcos Corrêa)
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 7, durante as comemorações dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais, no Rio, que vai cumprir sua missão de governar o Brasil “ao lado das pessoas de bem”, e que a liberdade e a democracia só existem “quando as Forças Armadas assim o querem”.

Em discurso de cerca de quatro minutos, Bolsonaro ressaltou que quer estar ao lado “daqueles que amam a Pátria, daqueles que respeitam a família, daqueles que querem aproximação com países que têm ideologia semelhantes à nossa (Brasil), e daqueles que amam a democracia e a liberdade”.

Bolsonaro afirmou ainda que vai aprovar a reforma da Previdência e que os militares serão incluídos “respeitando as especificidades de cada Força (Marinha, Exército e Aeronáutica)”.

O presidente saiu sem falar com a imprensa dois dias depois de ter postado na internet um vídeo considerado pornográfico e escatológico, que foi retirado do ar, e gerou críticas entre aliados e opositores.


*Por: Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial