Após críticas ao PT, Cid Gomes ameniza "Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro"

Cid Gomes cobrou "mea culpa" do PT e afirmou que Bolsonaro é criação dos erros do partido. (Foto: Reprodução/YouTube)
O senador eleito do Ceará, Cid Gomes (PDT) soltou o verbo ao fazer dura crítica ao Partido dos Trabalhadores (PT), na noite de ontem (15) em evento do seu partido em apoio ao partido do candidato a Presidência, Fernando Haddad.

Cid foi vaiado ao dizer que o PT deveria fazer um "mea culpa" e que, se não fizer isso, será "bem feito perder a eleição" para Jair Bolsonaro (PSL). O senador eleito também afirmou que Bolsonaro é uma criação do PT.

Apesar das críticas, Cid fez elogios à Haddad, porém, emendou o elogio com mais críticas ao PT. "Eu conheço o Haddad, é uma boa pessoa, tenho zero problemas de votar no Haddad, é uma boa pessoa, mas fica algum companheiro do PT que me suceda aqui na fala, se quiser dar um exemplo para o país, tem que fazer um 'mea culpa', tem que pedir desculpas, tem que ter humildade de reconhecer que fizeram muita besteira", disse.

As críticas não foram bem recebidas pela coordenação da campanha de Haddad, que esperavam o apoio dos irmãos Cid e Ciro Gomes no segundo turno, mas receberam críticas de um e o outro viajou para o exterior assim que terminou o primeiro turno.

Após a grande repercussão do vídeo nas redes sociais, Cid Gomes declarou nesta terça-feira (16) que Haddad "é infinitamente melhor que o Bolsonaro".

"Comparei os dois nomes que estão no 2º turno. O Haddad é infinitamente melhor que o Bolsonaro. Eu não quero me vingar de ninguém. Para o Brasil o menos ruim é o Haddad. Por isso penso que seria melhor que ele ganhasse", escreveu Cid Gomes em sua conta no Facebook.

O presidenciável Fernando Haddad, foi questionado pela imprensa durante a manhã de hoje em uma entrevista coletiva em São Paulo, sobre as declarações de Cid Gomes. "Eu não vou comentar o vídeo porque eu não vi todo, no que me diz respeito a amizade com o Cid é a mesma e o apreço é o mesmo", afirmou.

Veja o vídeo completo abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial