Ex-governador do Paraná e candidato ao Senado pelo PSDB, Beto Richa é preso em operação "Rádio Patrulha" do Gaeco

Beto Richa que é investigado em fase da Lava Jato e foi preso em operação que investiga fraudes em programa que realizava manutenção em estradas rurais do Paraná. (Foto: Reprodução/RPC)
O ex-governador do Paraná e candidato ao Senado pelo PSDB, Beto Richa, foi preso na manhã desta terça-feira (11) pelo Gaeco em Curitiba, no Paraná.

Beto Richa é alvo de duas operações: a primeira realizada pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR), pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal (PF), em uma nova fase da Lava Jato. Na 53ª etapa da Lava Jato, a casa de Beto Richa é alvo de mandado de busca e apreensão.

A operação investiga fraudes no programa Patrulha no Campo, que realizava a manutenção de estradas rurais e que segundo o Gaeco, contava com a participação do ex-governador, além das empresas Cotrans, Ouro Verde e J. Malucelli.

Além de Beto Richa, outras seis pessoas foram presas nessa operação, entre elas a esposa de Richa, Fernanda Richa, que foi secretária da Família e Desenvolvimento Social na gestão do marido. Um irmão de Beto Richa, um parente e outros três ex-indicados de Richa para cargos no governo, foram presos temporariamente.

Beto Richa e sua esposa foram presos no apartamento do casal em Curitiba, onde foi realizado além do mandato de prisão, um de buscas e apreensão de documentos. Ao todo, 15 pessoas foram presas nesta operação do Gaeco.

Segundo última pesquisa do Ibope divulgada com intenções de votos para o Senado no Paraná, Beto Richa figura em segundo lugar com 28% das intenções de voto. A assessoria de Richa afirmou que os advogados do ex-governador deverão se manifestar ao longo do dia dessa terça-feira. O PSDB não emitiu nota sobre a prisão do ex-governador e candidato ao Senado pelo partido.

Os presos pelo Gaeco e que são diretamente ligados à Beto Richa:

  • Fernanda Richa: esposa de Beto Richa e ex-secretária da Família e Desenvolvimento Social;
  • Deonilson Roldo: ex-chefe de gabinete do ex-governador;
  • Pepe Richa: irmão de Beto Richa e ex-secretário de Infraestrutura;
  • Ezequias Moreira: ex-secretário de cerimonial de Beto Richa;
  • Luiz Abib Antoun: parente do ex-governador;
  • Edson Casagrande: ex-secretário de Assuntos Estratégicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial