Após furto, iraniano Caucher Birkar recebe nova medalha Fields no Rio

Caucher Birkar recebeu medalha Fields pela segunda vez, iraniano teve premiação roubada no Rio centro, local do evento de entrega. (Foto: Gabriella Bridi/GloboNews)
O matemático iraniano Caucher Birkar recebeu uma nova medalha Fields neste sábado (4) após ter sido furtado dentro do Riocentro, momentos após ter recebido a comenda pela primeira vez.

Durante o discurso, ele agradeceu a presença de todos e contou a sua versão dos acontecimentos.

"Muito obrigado por estarem aqui pela segunda vez nessa cerimônia. Eu estava sentado na primeira cadeira e, quando a cerimônia terminou, as pessoas vieram me dar os parabéns e eu deixei as coisas na cadeira. E então alguém veio por trás", destacou, sobre o momento que foi furtado.

A polícia já identificou dois suspeitos de terem roubado a medalha e divulgou um vídeo que seria do momento que a mochila com os pertences do matemático foi levada. Ninguém foi preso ainda.

A medalha é considerada a maior honraria da Matemática mundial e é concedida a dois, três ou quatro matemáticos com menos de 40 anos. O prêmio é distribuído a cada quatro anos por suas contribuições à disciplina. A medalha Fields é de ouro e custa U$ 4 mil, o equivalente a R$ 15 mil.

Pela primeira vez, a comenda foi entregue no Brasil, onde acontece o Congresso Mundial de Matemática, com a presença de mais de três mil matemáticos. A cerimônia aconteceu no Pavilhão 6 do Riocentro, na Zona Oeste do Rio, na última quarta (1º).

Além de Birkar, também receberam a medalha Fields o italiano Alessio Figalli, o alemão Peter Scholze e o indiano Akshay Venkatesh.

Caucher Birkar é de origem curda e foi para o Reino Unido como refugiado. Lá, ele é professor da Universidade de Cambridge.

Iraniano teve medalha Fields roubada na última quarta-feira (1º) no Riocentro. (Foto: Gabriella Bridi/GloboNews)






*Por: Gabriella Bridi, GloboNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial