São Paulo deixa liderança do Brasileiro escapar ao perder de virada para o Grêmio, confira o resumo dos jogos

A comemoração de Everton, dono dos dois gols gremista. (Foto: Roberto Vinícius/Agência Estado)
No encerramento da décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo entrou em campo pronto para tomar a liderança do Flamengo, o que aconteceu aos 3 minutos da etapa inicial com o gol de Diego Souza, mas em noite inspirada do camisa 11 do Grêmio, Everton, acabou jogando um balde de água fria no Tricolor paulista.

Aos 47 minutos, Everton empatou e tirou a liderança temporária dos tricolores. Os gaúchos dominaram a etapa inicial com 70% de posse de bola. Antes do gol de empate, Nenê bem que tentou ampliar o placar para os são-paulinos, mas foi barrado pelo zagueiro Kannemann.

Na volta para a etapa final, o São Paulo pressionou e logo ao primeiro minuto de jogo em jogada novamente de Diego Souza, quase ampliou o placar. A virada gremista veio após falha de Militão, aos 15 minutos, onde Everton aproveitou e colocou a bola no fundo da rede. Assim como no primeiro tempo, o Grêmio dominou a etapa final ficando com 65% da posse de bola. Com a virada, o São Paulo não levou mais nenhum perigo ao Grêmio.

O São Paulo permanece na vice-liderança com 29 pontos, dois a menos que o Flamengo, já o Grêmio tem 26 pontos e ocupa a quarta colocação. No domingo (29), os dois clubes entram em campo pela 16ª rodada do Brasileiro, o Tricolor vai encarar o Cruzeiro, às 16h, no Mineirão. Já o Grêmio enfrentará a Chapecoense, na Arena Condá, às 19h.

Botafogo bate a Chapecoense em primeira vitória do técnico Paquetá

A comemoração do camisa 4, autor do gol botafoguense. (Foto: Reprodução/Twitter do Botafogo)

Apesar de não fazer uma partida maravilhosa, o Botafogo se mostrou superior à Chapecoense durante a maior parte do tempo e venceu pelo placar de 1 a 0. A vitória veio com o primeiro gol do lateral-direito Marcinho, como profissional. Essa também foi a primeira vitória do técnico Marcos Paquetá.

Paquetá teve que improvisar diante do quadro de baixas do clube carioca. As mudanças propostas surtiram efeito, o time trabalhou bem a bola. O gol botafoguense só veio aparecer aos nove minutos da etapa final, quando o camisa 4 recebeu de levantamento feito por Kieza e colocou no fundo da rede da Chape.

Após o gol, o Botafogo administrou bem a partida e foi pouco ameaçado pela Chapecoense. Moisés chegou a marcar o segundo gol do Fogão, mas o árbitro anulou por considerar falta do lateral-esquerdo na jogada. A Chape também teve um gol anulado nos acréscimos com o impedimento de Leandro Pereira.

O Botafogo encerra a rodada com 20 pontos e na décima colocação, enquanto a Chapecoense termina com 16 pontos e abre a zona de rebaixamento. Os dois clubes entram em campo no domingo (29), às 16h, o Botafogo enfrenta o Internacional, em Porto Alegre. A Chapecoense recebe na Arena Condá, o Grêmio, às 19h.

América-MG vence o Internacional por 2 a 1 e deixa zona de rebaixamento

A comemoração de Giovanni, autor do segundo gol do América-MG. (Foto: Giazi Cavalcante/Código 19/Estadão Conteúdo)

O América-MG venceu o Internacional por 2 a 1 na noite desta quinta-feira (26), no Independência, no encerramento da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, quebrando um jejum de cinco rodadas sem um resultado positivo e somou três pontos que foram suficientes para tirar o clube da zona de rebaixamento. 

Já o Colorado, não tem o que comemorar, com a derrota o clube deixou o G-4. Juninho e Giovanni marcaram os gols do América-MG, enquanto Jonatan Álvez, descontou para o Colorado.

Destaque para as expulsões de Wesley (América-MG) e D'Alessandro (Internacional). Os mineiros estão em 14º na tabela com 17 pontos, enquanto o Internacional caiu para a quinta colocação com 26 pontos.

Às 19h30 do domingo (29), o América-MG enfrenta o Santos na Vila Belmira, enquanto o Internacional enfrenta o Botafogo, às 16h, no Beira-Rio.

Vitória vence o Sport por 1 a 0 no Barradão

Camisa 11 marcou seu primeiro gol pelo rubro-negro baiano. (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória/Divulgação)

O Vitória bateu o Sport por 1 a 0 no Barradão, nesta quinta (26), fechando a décima quinta rodada do Brasileiro, o resultado positivo permitiu ao clube baiano respirar na tabela da competição. 

Após a derrota pela goleada de 4 a 1 no clássico BA-VI, contra o Bahia, o Vitória promoveu uma verdadeira mudança para conquistar o resultado positivo. E foi justamente com uma dessas mudanças que o gol veio. Aos 15 minutos da etapa final, Erick, balançou as redes e desencantou com a camisa rubro-negra. 

Já o Sport, amargou sua terceira derrota seguida, o clube não sabe o que é vencer há cinco jogos. Com 18 pontos, o Vitória saiu da zona de rebaixamento e ocupa a 13ª posição, enquanto o Sport, em 12º possui 19 pontos.

A equipe pernambucana vai encarar o líder Flamengo, no próximo domingo (29), às 16h, no Maracanã. Na Arena da Baixada, o Vitória vai enfrentar os donos da casa, o Atlético-PR, também às 16h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial