Lula tem pedido de liberdade aceito por desembargador plantonista do TRF-4

Lula está preso na PF de Curitiba desde 7 de abril por determinação do juiz Sérgio Moro, que se colocou contrário à liberdade do ex-presidente. (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)
O ex-presidente Lula (PT), teve seu pedido de liberdade aceito pelo desembargador federal Rogério Fraveto, plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRf-4), com sede em Porto Alegre.

Com a decisão, Fraveto determinou que a Polícia Federal de Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso desde 7 de abril, por determinação do juiz federal Sérgio Moro, coloque o ex-presidente em liberdade.

O juiz Sérgio Moro afirmou que o desembargador não tem competência para mandar soltar Lula. De acordo com o magistrado, caso ele ou a autoridade policial cumpra a decisão deste domingo (8) do desembargador, estará "concomitantemente" descumprindo a ordem de prisão do Colegiado da 8ª Turma do TRF-4.

Após manifestação de Moro contrário a soltura de Lula, o desembargador que é hierarquicamente superior à Moro, que é juiz de primeira instância, determinou novamente que a PF cumpra a ordem e liberte o ex-presidente imediatamente.

O Ministério Público Federal (MPF), também se manifestou contrário à liberação de Lula, e solicitou que o presidente do TRF-4, João Pedro Gebran Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial