Delegada negocia rendição do Dr. Bumbum com defesa de médico

Denis e sua mãe, Maria de Fátima são considerados foragidos. (Foto: Divulgação)
Delegada da 16ª DP (Barra da Tijuca), Adriana Belém confirmou, na manhã desta quinta-feira (19), que está negociando com a defesa de Denis Cesar Barros, o Dr. Bumbum, para que ele se entregue.

Às 11h, um novo advogado chegou à delegacia. “Até por uma questão óbvia, eu não vou me encontrar com ele. Mas existe uma pessoa que está tentando contato com ele para ele se apresentar. Ele vai se apresentar. Entre hoje e amanhã ele vai se apresentar”, disse Marcus Cézar Braga.

Braga esclareceu que ainda não foi constituído como defensor. "Vou falar em nome dele assim que eu receber uma procuração. Até o presente momento, o que me consta, embora eu tenha obtido essa informação através da autoridade policial, o colega que o patrocinava parece que declinou", ressaltou.

“Ele ficou muito amedrontado porque houve um incidente com ele. Ele deixou de se apresentar a polícia, segundo ele me relatou, ele teria sido vítima de um atentado. E esse teria sido motivo que ele se escusou de se apresentar à autoridade policial”, acrescentou.

Denis e a mãe, Maria de Fátima, foram indiciados pela morte da bancária Lilian Calixto, no domingo (15). Ela passou mal durante procedimento estético na cobertura do médico, na Barra da Tijuca.

Questionada sobre o paradeiro dele, a delegada Adriana Belém afirmou: “Se eu soubesse disso, ele estaria preso. A gente está buscando. Recebemos várias denúncias e estamos apurando todas elas."

"Se ele não se entregar, eu prendo de qualquer jeito. Preso, ele vai ser”.

Ainda de acordo com a delegada, mais três pessoas prestaram depoimento nesta quarta-feira (18) sobre os procedimentos que ele usava. As testemunhas devem ser chamadas para depor novamente. Ao todo, mais de 10 já foram ouvidas. O laudo da necropsia deve sair nesta quinta.

“Nós estamos, nesse momento, com equipes na rua. Podemos ter novidade a qualquer momento”, explicou a delegada.

Sala onde médico atendia está interditada

O G1 esteve no salão onde Dr.Bumbum atendia na Barra da Tijuca na manhã desta quinta-feira (19) e encontrou o local lacrado. Na porta, um documento da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio informava que o estabelecimento está totalmente interditado desde terça-feira (17).

Funcionários e empresários do prédio comercial se surpreendem ao saber que eram vizinhos do médico.

“Eu soube dessa notícia, mas nunca imaginaria que ele atendia aqui e muito menos aqui no nosso corredor. Estou até meio chocada em saber que ele atendia aqui do lado. Nunca teve placa ali com nome da marca ou do profissional. Pra mim é uma surpresa saber que esse tal de Dr. Bumbum era aqui do bloco", contou uma empresária, que preferiu não se identificar.




*Por: Bruno Albernaz e Fernanda Rouvenat, G1 Rio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial