Tite escala Thiago Silva como capitão contra a Costa Rica e arbitragem será holandesa

Thiago Silva voltará a usar a braçadeira de capitão após o fiasco de 2014. (Foto: Mowa)
O zagueiro Thiago Silva, que esteve na Copa do Brasil, foi o escolhido pelo técnico Tite para usar a braçadeira de capitão na segunda partida da Seleção na Copa da Rússia, o jogo será amanhã (22) contra a Costa Rica, direto de São Petersburgo.

Essa será a segunda vez na era Tite, que Thiago Silva usará a braçadeira de capitão, na primeira foi contra a Argentina, em amistoso realizado na Austrália, há um ano atrás, onde Tite teve sua única derrota na Seleção em 22 jogos.

Na Copa do Brasil, Thiago foi o capitão da Seleção durante todo o Mundial. Ele perdeu a braçadeira quando Dunga assumiu o comando após a frustrada Copa no país. Tite faz um rodízio desde que assumiu o comando da Seleção e na Copa da Rússia definiu que utilizará os jogadores com maior experiência para utilizar a braçadeira. Na estreia contra a Suíça, no domingo (17), coube ao lateral-esquerdo Marcelo a missão de ser o capitão.

Arbitragem

As definições não param por aí. A FIFA (Federação Internacional de Futebol) definiu o trio de arbitragem para a partida. O árbitro de campo será Bjorn Kuipers, que será auxiliado por Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra, todos eles são da Holanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial